sábado, 11 de abril de 2009

Onde eu pisar a planta dos meus pés eu possuirei

Outro dia um irmão me disse que onde ele pisasse a planta dos pés ele possuiria. Provavelmente ele deve ter ouvido tal afirmação em alguma ministração de alguma banda gospel em algum DVD…

.
Enfim, quando ouvi a afirmação dele eu respondi com a super complexa pergunta: "Que?".

.
Então ele me disse que estava na Bíblia e em seguida a abriu e me mostrou esse texto:
"Todo o lugar que pisar a planta do vosso pé, vo-lo tenho dado, como eu disse a Moisés." (Josué 1.3)

.
Aí então eu dei um sorriso e perguntei a ele: "Você já leu o versículo anterior?". E ele então (pela primeira vez creio eu) leu:
"Moisés, meu servo, é morto; levanta-te pois agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, para a terra que eu dou aos filhos de Israel." (Josué 1.2)

.
Então ele instantâneamente entendeu que aquela era uma promessa específica "aos filhos de Israel", como diz o texto, e não poderia ser generalizada para todos os cristãos. Se lermos o versículo posterior (1.4) ainda vamos perceber que Deus indicou quais eram as terras que poderiam ser conquistadas.

,
Penso que temos que ter um cuidado muito grande ao analisar e interpretar as promessas bíblicas para entender se elas são universais (para todos que são de Deus em todas as épocas) ou específicas (apenas para aquele ou aqueles que a receberam em determinada ocasião).

.
Se essa promessa que está em Josué 1.3 é universal, deixe-me então fazer algumas perguntas para Deus:

.
- Por quê a empresa onde eu trabalho ainda não é minha?
- Por quê aquele carro novo que eu entrei na concessionária ainda não é meu?
- Por quê aquela casa dos meus sonhos ainda não é minha?
- Deus? Por quê?